Buscar
  • Francislene Lira

Por que sentimos medo da morte?

Muitas pessoas sentem #medo de morrer. Esse medo leva muitas delas a exagerar, a se disfarçarem de corajosas, ultrapassando seus próprios limites e, muitas vezes, criando hábitos não saudáveis, como fumar, beber em excesso, o vício em trabalho… O disfarce apressa o encontro com a morte.


O medo da morte deve ser um medo responsável. Sendo a morte um caminho inevitável (não somos imortais, afinal), quando temos respeito por ela, trazemos equilíbrio e harmonia para nossas escolhas.


Com #respeito por nosso próprio caminho, e com consciência de que ele tem um fim, criamos experiências conscientes e uma vida que vale a pena, independentemente das tristezas e dos sofrimentos que possamos encontrar.


Se soubermos dosar nossos #limites e colocarmos nossa #realização pessoal como guia para as escolhas, não morreremos tão depressa, dia após dia. Quando nos abandonamos, a morte vem mais depressa; deixamos de sonhar, de realizar e, principalmente, de sentir.


Para construir uma vida que vale a pena ser vivida, é preciso lembrar-se todos os dias de quem você é e o motivo pelo qual está aqui. Criar essa #consciência vai te levar longe, mesmo que o caminho tenha um ponto final!


Venha comigo encontrar o seu #propósito!


Comenta aqui embaixo o que você pensa sobre isso.



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo