Buscar
  • Francislene Lira

Feliz Dia dos Pais!

Por todas as vezes que não soubemos interpretar a linguagem de amor dos nossos queridos pais!


Por todas as vezes que ele não verbalizou “Eu te amo” mas, nos incentivou ou aconselhou diante dos nossos mais difíceis momentos.


Por todas as vezes que ele não verbalizou “Eu te amo” mas, passou algumas tardes inteiras assistindo TV ou brincando conosco durante nossa infância.


Por todas as vezes que ele não verbalizou “Eu te amo” mas, lembrou-se, enquanto esteve fora, de nos trazer algum presente ou lanche preferido.


Por todas as vezes que ele não verbalizou “Eu te amo” mas, fez questão de carregar a sacola mais pesada para, desta forma, nos poupar de algum esforço excessivo.


Por todas as vezes que ele não verbalizou “Eu te amo” mas, nos afagou com o seu mais forte e acolhedor abraço.


Ah! Por todas as vezes que, a sua maneira, ele demonstrou uma subliminar linguagem de amor.


Nosso autoconhecimento e a sensibilidade do outro nos fazem perceber que cada ser possui uma forma singular de expressar seus sentimentos e que, realmente, estamos todos sempre tentando nos comunicar através da nossa linguagem de amor.


Feliz Dia dos Pais!





0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo